Capital Lovers.


Novo endereço
Agosto 17, 2011, 11:58 am
Filed under: Uncategorized

Pessoas que ainda me visitam aqui, entrem no meu novo endereço:

http://www.capitallovers.com

=)

Anúncios


MUDEI!
Outubro 16, 2010, 1:43 am
Filed under: Uncategorized | Etiquetas: , ,

Por motivos técnicos e por opção pessoal resolvi voltar a hospedar meu blog no Blogspot e transformá-lo em site.

www.capitallovers.com



McQueen, Valentino e Louis Vuitton, some love.
Outubro 7, 2010, 9:16 pm
Filed under: Uncategorized | Etiquetas: , , , , , ,

É verdade, o melhor sempre fica pro final, e eu não poderia deixar de registrar aqui o que eu mais amei desses três desfiles, que foram coisa de outro mundo.

Alexander McQueen

Drama! Adorei o trabalho da Sarah Burton nessa coleção. Existe tarefa mais difícil do que superar as  enormes expectativas de um público tão exigente como o do McQueen? Sarah conseguiu fazer isso e mostrou que os longos anos ao lado de nosso amado estilista, que infelizmente já se foi, não foram em vão. Ela continuou com o ‘ar McQueen de ser’, que é bem característico,  mas conseguiu mostrar um pouco de sua personalidade ao trazer mais leveza à passarela.  As estampas e trabalhos manuais, que são ponto forte da marca, foram muito bem executadas e só tenho outra palavra a dizer: Sapatos! Lindos, lindos de morrer!

Valentino

Leveza é a palavra certa pra definir essa coleção. Muitos tecidos fininhos, babados e renda, sem nada de entediante, já que ao falarmos nisso já vem à cabeça ‘mais do mesmo’.  Uma coleção extremamente comercial mas linda de se ver. Bem despojada e com um ar de ‘bonita sem querer’.

Louis Vuitton

O que Valentino tinha de leveza, Louis Vuitton tinha de glamour, e um glamour com ar de noite veraneia ao som de ‘China Girl’, do David Bowie.  Marc Jacobs deixou claro que a principal inspiração foi oriental, mas o excesso foi o que marcou presença, excesso que poderia beirar a cafonice, mas que eu adorei. Franjas mostrando um pouco da inspiração ‘melindrosa feelings em Xangai’, rendas com hologramas da marca, hot pants, muitas estampas, principalmente animal prints, e o cabelo que eu mais desejei nessa temporada.

Paris nunca decepciona!

(Fotos: Style.com)



Vogue Paris – 90 anos
Setembro 29, 2010, 3:47 pm
Filed under: Uncategorized

Nada melhor do que Lara Stone fazendo a mascarada pra capa de aniversário de 90 anos da Vogue Paris, não é mesmo?

Assumo, em questão figura Carine Roitfeld não é minha preferida, sou team Dello Russo, mas não posso deixar de dizer que o trabalho dela na Vogue Paris é magnífico, e que não foi diferente na edição de aniversário de 90 anos da versão francesa de nossa amada Vogue.

Dizem as más línguas que essa edição da revista é relíquia e que vai ter 622 páginas de muito amor francês. Pelo menos 100 reais a menos no bolso de quem quiser ter o gostinho de Roitfeld em casa, versão deluxe.

Falando nesse editorial, eu amei as fotos. Sempre digo, adoro esse drama, essa coisa ‘ugly fashion’ que foge da mesmice e sinceramente,  ninguém melhor do que a Lara pra representar isso. O sado-masô com um ar de pecado e castidade ficou incrível e caiu perfeitamente bem pra uma edição de aniversário tão aclamada como essa.

Givenchy, Philip Treacy, Altuzarra e o modelito Jean Paul Gaultier Haute Couture desfilado pela Dita Von Teese foram algumas das escolhas de Carine, que nos fez querer uma mistura de Madonna em ‘Erotica’ com Marie Antoinette no baile de máscaras, versão Vogue, é claro!

Vogue Paris, Outubro de 2010.

(Fotos via FashionGoneRogue)



Burberry Prorsum Spring 2011
Setembro 22, 2010, 11:54 am
Filed under: Uncategorized | Etiquetas: , , ,

Bailey, we love you! Você conseguiu criar o biker e o verão dos nossos sonhos!

Sério, o que é esse trench-coat trabalhado nos spikes dourados? Porque ninguém tinha pensado nisso antes?

Vestidinho fofo, jaqueta/calça biker e trench-coat são meu sonho de verão!

(Fotos: FFW)



Alexa ‘Inspired’
Setembro 17, 2010, 5:19 pm
Filed under: Uncategorized | Etiquetas: , , , ,

Semana passada, comprei minha Alexa ‘Inspired’ na Livbelle, uma loja online fofa de acessórios femininos. Quando vi a bolsa no site, achei que o preço era justo e que valeria a pena. Não deu outra, a bolsa chegou super rápido e eu me apaixonei! Ela é feita de couro sintético, é de tamanho médio e a qualidade é ótima! Super recomendo a loja.

Eu e a minha ‘Alexa’ fofa! ♥



Uma luz no fim do túnel!
Setembro 15, 2010, 2:49 pm
Filed under: Uncategorized | Etiquetas: , , , , ,

Rodarte – Spring 2011

Finalmente, uma salvação para este desastroso NYFW. Não sei vocês, mas eu estou completamente decepcionada com os desfiles… Overdose de looks brancos/off-white (não, nós não queremos passar o verão todo com cara de ano novo), looks que pareciam mais terem acabado de sair da pré história, volumes estranhos que não são NADA a cara do verão,  estampas medonhas e uma mesmice sem fim. Não que eu seja lá grande coisa pra criticar mestres como o Marc Jacobs, mas vamos lá, se eles dão a cara a tapa a gente pode falar não é mesmo?

Nunca gostei desse negócio do verão ser sinônimo de cores absurdamente chamativas (leia-se neon, laranjas, rosas e vermelhos), pra mim essa temporada tem que ter a ver com conforto e uma alegria contida, já que o drama nós deixamos pro inverno, minha estação preferida (e mesmo morando em um país que não a tem definida, qualquer resquício de chuva e frio me deixam feliz). Entre mortos e feridos, poucos se salvaram nessa edição veraneia do tão aclamado New York Fashion Week, berço de talentosos novos estilistas e veteranos que nós amamos.

Nem Alexander Wang escapou dessa onda bored, com uma coleção que mais parecia ter saído de um catálogo chato e sem graça de roupas para o ano novo. O motivo disso tudo? Nós não sabemos, mas devemos nos lembrar que por mais aclamada e amada uma coleção tenha sido na temporada passada, a seguinte pode ser um desastre, já que não há somente perfeição, inclusive na moda.

Quando se fala em verão eu penso em leveza, transparência e um conforto que não deixa a feminilidade de lado. Infelizmente foi o que eu pouco vi nos desfiles. Entre os sobreviventes Donna Karan, que não erra por sempre seguir a linha ‘glamour sem querer’ e que fez vestidos nudes leves e soltos que eu estou desejando para sobreviver no calor da capital federal. Thakoon, que mesmo tendo metade de suas peças brancas acertou em cheio ao incluir azuis belíssimos, florais extremamente delicados, transparência e até uma pitada de preto pra quebrar o clima ‘so colourful’. Tommy Hilfiger fez o que sabe melhor fazer, looks mais esportivos, mas que dessa vez pareciam ter saído diretamente do figurino de Blair Waldorf e Chuck Bass, fazendo uma versão colorida de Gossip Girl que no fundo todos nós queremos usar. Jason Wu com uma tabela de cores incrível e looks que tinham tudo que nós amamos até agora,  desde referências ‘navy’, à turbantes, xadrez, transparência e alfaiataria. E finalmente, Rodarte.

As irmãs Kate e Laura Mulleavy mostraram um verão diferente e a cara da marca, que tem o lado ‘strange’ como uma de suas características mais marcantes. Eu adorei as cores, os cortes INCRÍVEIS que não deixaram nada a desejar no quesito conforto+feminilidade, as sandálias com meias (tendência que nós já conhecemos e amamos) e as estampas que em muitos looks foram sobrepostas. Eu achei tudo muito Rodarte, já que de cara não dá pra negar que é obra da marca e por outro lado achei diferente de tudo que foi proposto até agora nessa temporada. A leveza foi deixada um pouco de lado com tecidos mais ‘grosseiros’, dando lugar ao conforto e a silhueta marcada, que eu acho fundamental. O xadrez e as estampas que lembravam madeira foram essenciais para dar um ar mais rústico no verão da marca. As calças com cós altíssimos e barras mais curtas deram um ar ‘retrô moderno e cute’… Enfim, eu amei essa coleção. No final das contas acho que realmente foi a que eu mais gostei, porque trouxe criatividade e fugiu do verão tradicional e chamativo que nós já conhecemos e estamos cansados de ver. É isso.

Rodarte is love.

(Fotos: FFW)